domingo, 3 de junho de 2012

Divulgação da Oferta Educativa 2012/2013


A divulgação da oferta educativa para 2012.2013 da ESMTG cumpriu o plano desenhado para a receção de cerca de 700 alunos que frequentam os agrupamentos de escolas convidadas, do concelho de Portimão e concelhos limítrofes, no período compreendido entre os dias 14 e 18 de maio, marcando uma sessão dedicada aos seus Pais e Encarregados de Educação o encerramento desta iniciativa.

Representantes dos órgãos máximos da ESMTG, na figura do Presidente do Conselho Geral, cuja mensagem foi adaptada para a dramaturgia, e materializada pelos alunos do grupo de teatro O Teatro da Caverna, assim como na do Diretor, ao apresentar a escola nas suas valências mais significativas.

Mais uma vez os professores Pedro Cabo, Luís Salema e Sandra Guerreiro prestaram uma colaboração importante no desenho da divulgação, cuja concretização dispôs do apoio efetivo da Adjunta da Direção, Raquel Santos, cujo empenho encontrou o seu espaço no ato da divulgação e nos momentos que o precederam. Pela primeira vez o Professor Luís Elias integrou esta iniciativa e desempenhou um papel importante na sua concretização.

A iniciativa foi além da divulgação da oferta educativa, pois permitiu que, sob a coordenação da Presidente da Associação de Estudantes, Verónica Quintelas, cujo trabalho a escola reconhece, alunos do ensino regular e profissional pudessem, em conjunto, desempenhar o papel que uma cultura de escola pressupõe. Normalmente, este é desempenhado por professores, porém a estratégia foi para além dessa tradicional visão e permitiu que pares interagissem e difundissem saberes. 

Aos departamentos curriculares foram destinados papéis relevantes na dinamização dos seus espaços de ação, preenchidos pela explanação de cursos em oferta e respetivos planos curriculares, tendo vários professores destacados pelos grupos disciplinares também eles materializado a dita cultura de escola.

Também de pares se tratou a divulgação quando os professores diretores de turma e acompanhantes convidados encontraram eco nos professores desta escola. Mais uma vez se cumpriu o objetivo traçado – a difusão de saberes.

Sem a colaboração prestada pelos assistentes operacionais, nas suas várias áreas de atuação, esta iniciativa não teria assumido o seu cariz profissional e humanizante. 

A divulgação da oferta educativa permitiu a constatação da índole científica, humanista, e tecnológica conducente a uma vertente qualificante. Uma escola inclusiva e reveladora de modernidade, que não se esquece de perpetuar a sua tradição, apelidando-se de uma escola de oportunidades e de futuro.

Docpie | Maria José Duarte | junho 2012